voltar

 
Unhas lixadas, pele macia e hidratada e o esmalte da cor da moda não são sinônimos de pés bonitos e saudáveis. Quem deseja cuidar da saúde dos pés precisa de muito mais do que isso. É preciso entender que o pé, além de estar esteticamente bonito, também precisa estar saudável.

Tanto os podólogos quanto os dermatologistas aconselham a fazer um exame mais específico nos pés pelo menos uma vez ao mês. Essa avaliação é importante para detectar problemas como micoses, unhas encravadas, calosidades e tratá-los a tempo, antes que eles se tornem preocupações mais sérias no futuro. Saiba um pouco mais dos problemas que podem afetar a saúde dos pés:

- Calo: muito comuns na população, eles são fruto de um microtraumatismo, causados, na maioria das vezes, pela pressão dos calçados e pelo atrito com a pele. Geralmente, se desenvolvem pelo uso contínuo de um determinado tipo de calçado ou pela própria estrutura do pé e pela maneira de caminhar.

- Calosidade: Um pouco diferente dos calos, as calosidades geralmente não têm um núcleo e acabam atingindo uma área mais extensa, provocando rachaduras e ressecamentos. Ela é provocada, na maior parte dos casos, pelo uso inadequado de calçados e por má formação ortopédica.

- Micose: Uma das patologias que mais afetam os pés, a micose é uma infecção provocada pela ação de fungos, que se instalam nas regiões das extremidades do corpo para se alimentar de queratina. O problema se agrava, geralmente, nas épocas mais quentes do ano, uma vez que o fungo da micose prefere se alojar em locais úmidos e de altas temperaturas.